Texto: Maria Akemi – Foto: ESPN/Reprodução

Campeão de 2020, o Flamengo emplacou três atletas na Seleção Bola de Prata. Para completar, Rogério Ceni foi eleito Melhor Treinador. Mas quem dominou a premiação nesta sexta-feira (26) foi Claudinho, do Red Bull Bragantino.

O jogador foi Artilheiro – ao lado de Luciano do São Paulo – Melhor Jogador, Revelação e Bola de Ouro. Ele fez história ao ser o único atleta a ganhar quatro prêmios numa edição. Rebaixado, o Vasco ficou com o Gol Mais Bonito, marcado por Martín Benítez.

Foto: ESPN/Reprodução

A premiação também reconheceu o talento de Julia Bianchi, ex-Avaí Kindermann e hoje no Palmeiras como Melhor Jogadora do Brasileirão Feminina. A escolha repercutiu nas redes sociais, especialmente na torcida do Corinthians, que foi campeão de tudo e não teve atletas reconhecidas.