Texto: Maria Akemi - Foto: Paullo Almeida/Folha PE

Demorou, mas finalmente o interior pode celebrar um título do Campeonato Pernambucano. Se o Salgueiro bateu na trave em 2015 e 2017, não tinha como 2020 escapar. Depois de empatar em 0x0 na ida e 0x0 na volta, o Carcará do Sertão ergueu a taça nos pênaltis.

O título representa o que é ser sertanejo: é lutar contra tudo e todas, é ser o Davi contra os inúmeros Golias da vida. 4×3 nas penalidades e o drama deu espaço à euforia. Clima de festa na cidade que abraçou – mesmo em tempos de pandemia – os heróis do futebol.

Dono da segunda melhor campanha do estadual, o Carcará o Sertão ergue a taça somando seis vitórias, 2 empates e três derrotas. Garantido na Copa do Brasil e do Nordeste, o Salgueiro volta suas atenções ao campeonato nacional de 2020.