Santos vence Flamengo no Mané Garrincha e fica cinco pontos fora do Z-4

0
283

Santos vence Flamengo no Mané Garrincha e fica cinco pontos fora do Z-4

Flamengo cai para a 6ª colocação, fora da faixa da Libertadores

Da Redação

Em jogo realizado no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, na noite desta quarta-feira (1º), o Flamengo perdeu para o Santos por 2 a 1 e termina a 31ª rodada do Brasileirão na 6ª posição com 50 pontos. Foi a segunda derrota seguida do técnico Tite no comando da equipe.

O time da Vila Belmiro subiu para o 15º lugar com 37 pontos, se distanciando cinco pontos do Goiás, o primeiro dentro da Zona de Rebaixamento.

RESENHA

O Flamengo foi melhor no primeiro tempo e saiu na frente aos 21 minutos, através de Pedro. A reação do Peixe veio aos 32 em chute indefensável para o goleiro Rossi. Mas, com Gerson expulso ainda no primeiro tempo, o Rubro-Negro não resistiu e sofreu virada aos 43 da etapa final, em outro golaço do zagueiro Joaquim.

Antes do apito final, o atacante Bruno Henrique recebeu cartão vermelho e o Flamengo terminou a partida com apenas nove jogadores em campo.

SEGUE A TABELA

No próximo domingo (5), pela 32ª rodada, o Flamengo visita o Fortaleza, no Castelão, às 16 horas. Na segunda-feira (6), às 21 horas, o Santos recebe o Cuiabá na Vila Belmiro.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 1 X 2 SANTOS

Local: Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Data: 1 de novembro de 2023, quarta-feira
Horário: às 20h (de Brasília)
Árbitro: Rafael Rodrigo Klein (RS)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG) e Jorge Eduardo Bernardi (RS)
VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (Fifa-RN)
Cartões amarelos: Gabigol e Bruno Henrique (Flamengo); Rodrigo Fernández e Lucas Braga (Santos)
Cartão vermelho: Gerson e Bruno Henrique (Flamengo); Lucas Braga (Santos, do banco de reservas)

GOLS:

FLAMENGO: Pedro (aos 20 minutos do 1°T)
SANTOS: Nonato (aos 32 minutos do 1°T) e Joaquim (aos 43 minutos do 2°T)

FLAMENGO: Rossi; Wesley (Matheuzinho), Fabrício Bruno, Léo Pereira e Ayrton Lucas (Everton Cebolinha); Thiago Maia, Gerson, Arrascaeta (Rodrigo Caio) e Luiz Araújo (Victor Hugo); Bruno Henrique e Pedro (Gabigol). Técnico: Tite

SANTOS: João Paulo; Lucas Braga (João Lucas), Joaquim, Messias e Kevyson; Tomás Rincón (Mendoza), Rodrigo Fernández (Dodi), Jean Lucas e Nonato (Maxi Silvera); Soteldo e Julio Furch (Lucas Lima). Técnico: Marcelo Fernandes