Capacitação incentiva participantes a potencializar habilidades do comportamento empreendedor

Vinte e sete empreendedores dos municípios de Juazeiro e Casa Nova, no Norte da Bahia, concluíram mais uma turma do Empretec, realizada pelo Sebrae, no auditório do Grande Hotel de Juazeiro, entre os dias 20 e 25 de maio. Durante os seis dias de seminário, os participantes se desafiaram em atividades de autoconhecimento e aprimoramento do comportamento empreendedor.

Com mais de dez anos de atuação no mercado de indústria gráfica, o empresário Robson Ribeiro, que sempre se dedicou à área de produção e vendas da empresa, percebeu que precisava se capacitar mais e aprimorar as características empreendedoras para acompanhar o crescimento da gráfica e ter uma visão mais estratégica do negócio.

“Eu domino a parte comercial do meu negócio, mas quero ampliar a minha visão de gestão empresarial. Mesmo com muito tempo no mercado, sei da importância de buscar sempre o conhecimento e inovação. O Empretec chegou no momento ideal, vir para melhorar meus pontos fracos, aperfeiçoar os fortes, pois quero fazer novos investimentos na empresa, ampliar o mix de serviços e produtos e crescer ainda mais”, revelou o empresário.

Para o facilitador do Empretec, Jozelito Ribeiro, o Empretec é sem dúvida, o maior fenômeno de capacitação que o Sebrae já operacionalizou no Brasil. Ele explica que mesmo ministrando o treinamento há anos e em vária regiões do país, cada turma traz expectativas diferentes das pessoas.

“Muita gente vem por perceber que outras pessoas que fizeram o curso melhoram seus desempenhos nos negócios. É um instrumento formulado para melhorar as habilidades das pessoas que vão gerir empresas, se colocarem em prática o aprendizado vivenciado no seminário”, destaca.

Jozelito aponta que a capacidade de enxergar melhor oportunidades de negócios, planejar mais e estabelecer metas com pé no chão as principais mudanças inseridas na rotina empresarial pelos participantes após o Empretec.

“O perfil empreendedor do brasileiro tem meta de planejamento muito baixa. Primeiro, eles fazem as coisas para só depois avaliar se dará certo. Depois de viver a experiência do Empretec, os participantes mudam essa postura, passam a tomar decisões mais assertivas e calculadas, traça metas mensuráveis, sempre com prazo final para obter os resultados que espera. Eles mudam de comportamento e isso vai refletir positivamente na gestão das empresas”, frisou.

O gerente regional do Sebrae em Juazeiro, Carlos Cointeiro, reforça que o Empretec não é um curso de teoria, mas um seminário de vivência comportamental. “O participante trabalha os comportamentos empreendedores de forma intensiva, avalia onde tem mais força e quais os que não pratica. Ele coloca a mão na massa e consegue identificar e fazer os ajustes necessários no seu comportamento empreendedor para gerar um resultado melhor na empresa e na vida”, conclui Carlos.

Empretec

Desenvolvido pela Organização das Nações Unidas (ONU), o Empretec é oferecido no Brasil exclusivamente pelo Sebrae, e já capacitou mais de 200 mil pessoas nos 27 estados. Criado há 25 anos, o treinamento também já foi aplicado em mais de 30 países. Na Bahia, já são quase 14 mil empretecos e, em Juazeiro, o seminário já contribuiu para o sucesso empresarial de mais de 500 empreendedores.

Agência Sebrae de Notícias Bahia