Da Redação – por Jota Jota
emo 0x0 Vitória Série B 16062021 – Foto Fernando Torres Photos

Em partida válida pela quarta rodada da série B do Brasileiro, Remo e Vitoria se enfrentaram na tarde desta quarta-feira 16, no estádio Baenão, em Belém do Pará. Mais uma vez o time baiano deixou a desejar, principalmente no seu setor de armação, onde não conseguiu alimentar os atacantes, e nenhuma oportunidade real de gol aconteceu nas duas etapas. Sem criatividade, a bola não chegou em Samuel e muito menos em Dinei, e as mudanças de Ramon terminaram não surtindo o efeito desejado.

Por outro lado, a equipe do Remo também não fluiu em campo, por mais que Paulo Bonamigo tenha tentado melhorar o seu time que jogava em casa, então vimos uma partida sem nenhuma emoção, e sem jogadas perigosas para os dois goleiros.

O Vitoria deu a nítida impressão, que a vontade ferrenha de jogar ficou no hotel e nem veio para o campo. Vimos um time apático, sem a garra mostrada quando da estreia do treinador contra o Inter.

Não se pode retirar ninguém da péssima atuação e não queiram jogar a culpa no lateral estreante, que foi sim muito mal, mas vem de cirurgia, sem treinamento, etc.

Ramon Menezes vai ter muito trabalho para acertar o rubro-negro, principalmente no setor de criação, onde o time não vem se dando bem.

FICHA TÉCNICA
Remo 0x0 Vitória
Brasileiro Série B – 4ª rodada
Local: Estádio Baenão, em Belém (PA)
Data: 16/06/2021 (quarta-feira)
Horário: 16h
Árbitro: Felipe da Silva Gonçalves Paludo (RJ)
Assistentes: Carlos Henrique Cardoso de Souza (RJ) e Thiago Gomes Magalhães (RJ).
Cartões Amarelos: Anderson Uchôa – Rafael Jansen (Remo)

Remo: Vinícius; Tiago Ennes, Romércio, Rafael Jansen (Keven) e Igor; Anderson Uchoa (Vinicius Kiss), Siqueira, Rafinha (Felipe Gedoz) e Jefferson; Dioguinho (Gabriel Lima) e Renan Gorne (Edson Kairus). Técnico: Paulo Bonamigo.

Vitória: Lucas Arcanjo; Gabriel Inocêncio (Cedric), Marcelo, Wallace e Roberto (Pedrinho); Gabriel Bispo, Matheus Moraes (Eduardo), Pablo Siles, e Soares; David (Guilherme Santos) e Samuel (Dinei). Técnico: Ramon Menezes