Sudesb ganha Selo Lilás pela valorização da presença feminina no ambiente de trabalho

0
65

Sudesb ganha Selo Lilás pela valorização da presença feminina no ambiente de trabalho

Prêmio do Governo do Estado foi direcionado para as empresas privadas e públicas com iniciativas que apoiam a pauta, assim como diversos projetos da autarquia estadual

A Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), recebeu a certificação do Selo Lilás do Governo do Estado por promover ações de valorização da mulher e de enfrentamento à desigualdade de gênero no ambiente de trabalho nesta segunda-feira, 25, na Associação Comercial da Bahia, no Comércio. A autarquia estadual foi uma das 83 empresas públicas e privadas que conseguiram atender aos critérios necessários e estiveram presentes na solenidade de reconhecimento.

A iniciativa da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) busca incentivar as empresas a promoverem a eliminação de todas as formas de descriminação referentes ao acesso, remuneração, ascensão e permanência no emprego e nas empresas. A Sudesb tem visado o incentivo às políticas de gênero desde os projetos esportivos até internamente, como a criação de um núcleo de trabalho específico para pauta – o Mulheres no Esporte.

O diretor-geral do órgão, Vicente Neto, comenta que o prêmio representa o ápice de um processo em ampliar as ações relacionadas à participação feminina no esporte e revisitar políticas públicas que garantam isso. “A Sudesb se candidata, participa de um julgamento isento e recebe um selo de reconhecimento social pela ascensão da mulher no mercado de trabalho porque empregamos muitas mulheres no seu quadro, inclusive em postos de comando, além do incentivo à participação de mulheres no esporte. Então, é um conjunto de ações que mostram a importância que a Sudesb tem tido no processo incentivado pelo nosso governo popular nos órgãos”, afirma.

Ele comemora o papel de propagação do prêmio, que também foi entregue para outra instituição do meio esportivo – a Federação de Baleado da Bahia (FBB). “Tratamos com as Federações sobre a importância das mulheres estarem sendo vistas dentro da execução das ações em parceria da Sudesb. Vamos levar adiante a proposta do governador Jerônimo em colocar este selo em locais visíveis para que as pessoas possam ver que é uma instituição carimbada pelo selo ao mesmo tempo em que estimula as demais empresas a garantir a participação feminina cada vez mais ampla”, finaliza.

A coordenadora do núcleo, Juliana Camões, inclusive, foi a responsável por receber o prêmio em mãos e celebra a instituição de uma equipe específica para pensar nos objetivos da Sudesb em relação à presença feminina no esporte. “São pautas buscadas há tempos que já colheram frutos com um prêmio internacional da ONU com meninas que treinam e jogam no Estádio de Pituaçu. Agora, com a criação do núcleo tende a aumentar. Estou muito feliz que, mesmo muito recente, já conseguimos certificar à Sudesb por causa das políticas realizadas em prol da igualdade de gênero”, comenta.

Prêmio – O Selo é baseado no Projeto da Lei Estadual 14.343 de 10/08/2021, proposto pela deputada Neusa Cadore, desenvolvido pela Superintendência de Promoção e Inclusão Socioprodutiva. A ação faz parte das atividades em comemoração ao Março Mulher desenvolvidas pelo Governo do Estado, por meio da SPM. O governador Jerônimo Rodrigues salienta a importância da iniciativa dentro do seu governo.

“Não é uma formalidade. É uma agenda de compromisso. Quero que a Bahia entenda o que é isso. Não é apenas um troféu para estampar no peito, tanto que foi aprovado como lei. O selo serve para aproveitar a oportunidade de reconhecer as empresas que já fazem Se não tivesse a lei, não teria o reconhecimento formal do estado para que continuem fazendo nos elementos e exigências que dispõem a lei”, pontua Jerônimo.

Ascom Sudesb / Maurício Viana

Fotos: Pedro Moraes/Ascom Sepromi