Músico Neto será um dos homenageados do FESC que começa nesta quinta-feira 12

Falôôô... A opinião de Jota-Jota

E tenham a certeza de que elas não serão poucas. Quando os primeiros acordes dos violões, as batinelas do pandeiro, a marcação da percussão, e as vozes entrosadas, se fizerem ecoar no 22º Festival da Calção Edésio Santos, as músicas que eram interpretadas, na voz, na alegria, e no carisma do músico JOSÉ WILYS, o popularíssimo NETO, da dupla NETO & MUNDINHO, que nos deixou recentemente.

Não poderia ser diferente. JOÃO SERENO, um expertise da canção popular, primo, confidente, amigo, irmão e até cúmplice das meninices do meu COMPADRE NETO, para se organizar e trazer esta justa homenagem, em um festival, que ele fora parte integrante em várias edições, me lembro de uma com JAIR RODRIGUES, onde a dupla, fora convidada, a integrar o show. Mas gente, as noites de Juazeiro, foram muito alegres com estes músicos.

Agora, ao lado de JOÃO SERENO, vão estar os parceiros de NETO, O mestre ALVINHO, MUNDINHO e MARCELO VIDAL, mas a emoção vai chegar ao topo em adrenalina, com a presença dos três filhos de NETO & POLIANA, um legado artístico deixado pelo musico querido por toda classe, em Juazeiro e nas barrancas do Velho Chico, IZADORA, IAGO E ALAN, os prodígios, vão mostrar um pouco do que o pai lhes ensinou. Haja emoções.

E o jargão do violonista, não sai da boca do povo, e muito menos é esquecido, por seus colegas músicos, em suas apresentações, e nesta noite de 12 de dezembro, ele será dito, pelos que lhe homenagearão: “E TEM PALMAS?”. O eco das efusivas palmas, ecoará por toda a orla de Juazeiro, e levada até NETO, esteja ele onde estiver.

Assim como eu, que não poderei estar presente, muitos outros amigos SINCEROS não se farão presentes, mas as orações e os pensamentos farão sim parte deste show, com emoções, que ficarão encrustadas para sempre no cantinho de saudades do cancioneiro juazeirense, porque NETO MERECE.

#PRONTOFALEI.