Salgueiro campeão, não por acaso

Por Tony Martins

O Salgueiro conquistou o Campeonato Pernambucano de 2020 ao vencer o Santa Cruz nos pênaltis na noite de quarta-feira (05/08), no estádio do Arruda em Recife. É a primeira vez na história que um time do interior se torna campeão da primeira divisão pernambucana, o que faz da conquista algo de grande relevância.

O time do Salgueiro vinha tentando insistentemente esse título, tendo participado de três finais a partir de 2017, inclusive, foi prejudicado em algumas delas por erros de arbitragem. Contudo, isso não desanimou a diretoria que mesmo com as dificuldades continuou montando boas equipes para a disputa do campeonato estadual.

Esse ano o time não começou bem, mas reagiu na competição chegando a fase semifinal com a segunda melhor  campanha, atrás apenas do Santa Cruz. Para  chegar à final o Carcará eliminou o bom time do Afogados, sendo que na final diante do tricolor do Arruda, fez dois jogos equilibrados com dois empates, mas, mostrou competência para bater seu adversário nos pênaltis.

O município de Salgueiro tem 60.930 mil habitantes (dados de 2020-Prefeitura Municipal de Salgueiro), fica localizado no Sertão central de Pernambuco, próximo aos estados da Paraíba, Ceará, Piauí e Bahia. O estádio Cornélio de Barros é o mando de campo salgueirense com uma capacidade para 10 mil torcedores, porém, a média de público é de mil torcedores por jogo. José Guilherme é o atual presidente do clube, que conta com o apoio irrestrito do Prefeito da cidade Clebel Cordeiro que já foi Presidente da agremiação.

Sendo assim, o Salgueiro é uma referência para as equipes do interior, no sentido de organização e gestão, contudo, se faz necessário mostrar competência daqui por diante, para encarar o futuro.

Foto da capa: Pernambuco Press