Crédito: Esportes DP – Foto: Reprodução

Um avião particular de pequeno porte caiu, na manhã deste domingo (24/1) às 8h15, logo após a decolagem no distrito de Luzimangues, no estado de Tocantins. Vídeos compartilhados nas redes sociais mostram a aeronave completamente destruída num matagal onde há uma fumaça cinza. Segundo a TV Anhaguera, o Instituto Médico Legal e o Corpo de Bombeiros confirmaram a morte de todos os tripulantes.

Como os corpos ficaram carbonizados após o acidente, a identificação foi feita com a confirmação da lista de passageiros divulgada pela assessoria de imprensa do Palmas Futebol, clube da cidade tocantinense.

Estavam a bordo o presidente do clube Lucas Meira, o comandante Wagner e os jogadores Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari. A equipe viajava para jogar na segunda-feira (25/1) contra o Vila Nova em Goiânia pela Copa Verde.

As causas do acidente ainda não foram reveladas. O avião caiu no final da pista da Associação Tocantinense de Aviação. O clube lamentou o acidente e ressaltou que daria todo o apoio a família das vítimas. Confira a íntegra da nota.

“O Palmas Futebol e Regatas vem por meio desta informar que por volta das 8h15 da manhã deste domingo, 24, ocorreu um acidente aéreo envolvendo o presidente do clube Lucas Meira, quando decolava para Goiânia, para a partida entre Vila Nova x Palmas nesta segunda, 25, válida pela Copa Verde. O avião em que Lucas estava junto com o comandante Wagner e os atletas Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari, decolou e caiu no final da pista da Associação Tocantinense de Aviação. Lamentamos informar que não há sobreviventes. Neste momento de dor e consternação, o clube pede orações pelos familiares aos quais prestará os devidos apoios, e ressalta que no momento oportuno voltará a se pronunciar.”