Um instante, Maestro!

José Willys Pereira da Silva, o Neto: 1963↑ 2019↓

Por Jota Jota

Para que todas as homenagens possam ser prestadas ao JOSÉ WILLYS PEREIRA DA SILVA, o NETO da dupla NETO & MUNDINHO, que, aos 56 anos, teimou em nos deixar neste sábado 27, às 15 horas e 59 minutos, para atender um chamado do seu maior fã, JESUS CRISTO. É que nós aqui na terra, somos egoístas e queríamos continuar lhe ouvindo, sorrindo de suas brincadeiras, e admirando o quanto eras um excepcional músico, mas a orquestra do altíssimo, estava precisando de alguém, com sua expertise musical.

Você vai, mas deixa para Juazeiro e região, um legado enorme de músicos, tradicionalmente feitos em casa, seus filhos, seguem o mesmo caminho, e com a sua marca, e qualidade. Com esta sua ida repentina compadre, derrubastes das mãos de MUNDINHO, as baquetas, os pratos não tilintam, e o atabaque, não está preso na cadeira do percursionista, e como nós, ele também chora.

Uma cidade inteira, hoje chora a sua partida, mas és um filho obediente, e fostes atender o chamamento maior, porque tudo é na hora dele, e vais se juntar a uma nata, espetacular, João Gilberto, Tim Maia, Jair Rodrigues, Emílio Santiago, Beth Carvalho, e tantos outros, e haja cantoria no céu.

Ah, e não pense você, que no seu último Adeus, sua frase que se tornou história, e jargão obrigatório em seus recitais, não será lembrado, entre seus amigos, uma voz há de ser altiva, entoando bem alto… “E TEM PALMAS”, aí, espiritualmente, vais saber o quanto, foi, és, e serás aplaudido, por todos.

Vá com DEUS amigo e compadre NETO, que nosso pai celestial, lhe acolha com todo amor, assim que as trombetas, anunciarem a sua chegada, e nós seus parentes, amigos e fãs, continuaremos orando, para que seu espirito descanse em paz.

“A MÃO QUE TOCA UM VIOLÃO, SE FOR PRECISO, VAI À LUTA”

#PRONTOFALEI – Juazeiro, 27 de julho de 2019, às 15 horas e 59 minutos.