UMA VITÓRIA QUE VALE MUITO

0
213
Ian Augusto, autor do primeiro gol da Juazeirense (Foto: Carlos Humberto/Agência CH)
Por Tony Martins

A goleada da Juazeirense sobre o Retrô por quatro a zero na tarde de sábado (13/01/2024), no Adauto Moraes, valendo pela pré fase da Copa do Nordeste, significa mais do que um triunfo, visto que, preenche o calendário do clube em 2024, participando da fase de grupo da competição, além de aumentar consideravelmente a receita  do clube esse ano, sem contar que proporcionará ao seu torcedor assitir algumas das grandes equipes do futebol brasileiro, a exemplo de Bahia, Vitória e Fortaleza que estão na Série A do Brasileiro.

FAVORITISMO DO RETRÔ X CRESCIMENTO DO CANCÃO

O Retrô, que é o atual vice-campeão pernambucano, uma equipe estruturada com boas instalações de treinamento, com uma folha que chega a 700 mil mensais (bem superior à da Juazeirense), era favorito para se classificar, inclusive, animada com o triunfo por quatro a zero sobre o Porto no Campeonato Pernambucano. Enquanto isso, a torcida da Juazeirense andava um pouco cautelosa, pois, o time eliminou o Moto Clube no sufoco. O Cancão se classificou na fase anterior nos pênaltis.

Vale salientar que parte da imprensa pernambucana acreditava que o Retrô passaria de fase, considerando-o superior aos  baianos. No entanto, durante toda a partida, a Juazeirense se mostrou superior ao Retrô, tanto coletivamente, com uma equipe ajustada tecnicamente, sem permitir ao adversário desenvolver seu jogo, quanto individualmente, a exemplo do goleiro João Guilherme, Patrick, Leandrinho, Yan Augusto e Luis Soares que cresceram de produção, contribuindo com o aspecto coletivo, fazendo com que o Cancão de Fogo realizasse um jogo competitivo e bonito de se ver.

Os dois gols no primeiro tempo (Yan Augusto e Leandrinho) e os dois no segundo (Luis Soares e Janeudo), caracterizam o equilíbrio do time da Juazeirense que viu ecoar das arquibancadas a frase: “No Adautão quem manda é o Cancão”.

O QUE VEM POR AÍ

Como participante da fase de grupo da Copa do Nordeste a Juazeirense receberá cerca de 1.2 milhão, tendo ainda outras receitas oriundas do Campeonato Baiano e da Série D, menos generosas, com valores infinitamente inferiores aos da Liga do Nordeste.

Enquanto aguarda a definição dos grupos e a tabela da Copa do Nordeste, a Juazeirense se prepara para estrear no Campeonato Baiano na próxima quarta-feira (17/01/2024), contra o Barcelona de Ilhéus, fora de casa, às 16 horas.

FICHA TÉCNICA

Juazeirense 4×0 Retrô

Segunda Fase da pré-Copa do Nordeste

Gols: Ian Augusto, Leandrinho, Luis Soares e Janeudo

Público pagante: 701, público total 798. Renda R$ 14.020,00.

Juazeirense: JOão Guilherme, Edson, Zé Romário, Maurício e Talys; Mauro, Patrik, Leandrinho e Elivelton; Ian Augusto e Luis Soares. Técnico: Carlos Rabello.