Falôôô... A opinião de Jota Jota
Vitória x Operário-PR no Barradão – Foto Letícia Martins – ECV

Vitória e Remo jogam nesta quarta-feira 16 em Belém, pela quarta rodada da série B do Brasileiro. O time paraense vem na 12ª posição com 4 pontos, tendo um triunfo, um empate e uma derrota. Já o Vitoria, que está na 14ª posição, tem apenas dois pontos, tendo empatado duas e perdido uma, derrota em casa para o Náutico.

Será a terceira partida de Ramon Menezes à frente do elenco rubro-negro, estando invicto, pois venceu o Internacional, mas empatou em casa com o Operário do Paraná. Em coletiva, o treinador disse que sua equipe oscilou muito dentro do jogo, e não ficou nada satisfeito com o que viu, por isso deverá mudar o time e a forma de atuar diante do Remo.

Pudemos ver que, sem ter tido tempo suficiente para observar todo o elenco, Ramon fez algumas mudanças no time, quase que as mesmas realizadas por Rodrigo Chagas, e que não surtiram efeito na passagem do técnico pelo time titular do Leão. E a pergunta que se fez após a partida, é quem deu as dicas, para que Ramon Menezes, usasse jogadores com as mesmas prerrogativas do antigo treinador.

Agora é hora de ver qual a postura de Ramon diante do que viu, e de um adversário que na competição tem apenas dois pontos à sua frente, mas que já triunfou uma vez. Qual será a estratégia traçada, para que o Vitoria possa ser agressivo, tal como fora em Porto Alegre, e deixe de oscilar em campo. Vai mudar peças e esquema de jogo?

Também é preciso que deixemos o treinador acertar e errar sozinho, muito palpite em seu trabalho vai acabar não fluindo, e o Vitoria precisa de tranquilidade para começar a somar seus pontos. É o começo da competição, e tempo para se organizar o time, ver quem está mesmo em condições, para que a caminhada seja tranquila, e sem tropeços absurdos, principalmente em casa.

#PRONTOFALEI@JOTAJOTA.