Vitória busca reabilitação diante do invicto Cuiabá

Por Jota Jota
Jota Jota

Com um início de série B com todos os méritos, o Cuiabá, representante do Estado do Mato Grosso, e que é treinado pelo baiano Chamusca, chega em Salvador invicto dentro da competição, buscando manter sua boa performance, diante de um Vitoria que vem de uma derrota, onde perdera a invencibilidade para o Confiança em Sergipe.

Mas o rubro negro de Pivetti, que não vinha atuando bem, mas conquistava pontos, agora tem a necessidade de realizar uma boa apresentação, uma vez que os resultados positivos, não foram convincentes, e a derrota, mostrou mais claramente, que o treinador e o elenco não conseguem um custo benefício satisfatório, deixando muito a desejar, devido a FARTURA existente – “farta muita coisa” – para que o time caia na graça do torcedor.

Vitória e Cuiabá, assim como todos os demais jogos da série B, serão como uma final, onde até o cachorro chora e os donos não conseguem ver, e quem puder mais vai acabar chorando menos, parafraseando o ditado popular. Existe sim tempo para uma reformulação, e reforços chegaram, vamos aguardar a evolução dos enxertos, pois não se pode avaliar quem ainda nem jogou pelo clube.

Jogo para um time que precisa desesperadamente se encontrar, e esse é simplesmente o time treinado por o Pivetti, que a partir de agora fica mais diretamente, na mira de torcedores, e também dos Cardeais que não aceitam a forma do moço trabalhar, e que precisa urgentemente, arrumar a casa, e fazer com que o time atue em campo, acabando com a letargia existente.

Previsão de um bom jogo às 16h30, no estádio no Barradão, mais uma vez sem a presença do torcedor, que vai ver e torcer para o Nêgoooo ligado na telinha da TV, esperando que Pivetti seja melhor orientador que Chamusca e consiga se redimir da última derrota.

#PRONTOFALEI.