Falôôô... A opinião de Jota Jota
Jota Jota

Muito embora tenhamos de que o elenco do Vitoria é fraco, e que não correspondeu às expectativas na temporada 20/21, ainda se tem um curto trecho a ser percorrido na reta final do certame que começa neste domingo, quando o time receberá a já classificada Chapecoense no Barradão.

Nem por isso o time catarinense vai entregar os pontos, pois ainda pretende ser campeão da Série B, e briga ponto a ponto com o América do Lisca Doido, mas é preciso que saibamos que o Vitoria, ainda não se garantiu, e que estes 12 últimos pontos a serem jogados, são de uma importância para a permanência na série B.

Então, senhores torcedores, não estamos no momento de cobranças, para que o feitiço não vire contra o feiticeiro. O momento é, sim, de no domingo apoiar os jogadores do Vitoria que vão buscar 3 pontos e dar um passo importante, com a frase de D. Pedro I, “PELA FELICIDADE DA NAÇÃO RUBRO NEGRA, DIGA A CBF QUE EU FICO”.

Para isso, o empurrão da torcida, mesmo à distância, vai ser por demais necessário, dando aos jogadores a confiança e a injeção de ânimo que eles precisarão dentro de campo. Não é hora do quanto pior melhor, pois uma queda para a C, a emenda vai ficar bem pior que o soneto, e quero ver quem vai segurar na JUBA DO LEÃO, quando tudo tiver perdido. Falar do lado de fora, é uma coisa, juntar os cacos posteriormente é outra bem diferente, e o Vitoria não precisa mais de MESTRES DE OBRAS PRONTAS.

Deixem acabar o certame, com a permanência do clube na B, para que os protestos e as tomadas de posições que se acharem necessárias, sejam feitas, mas com SEGURANÇA, PROJETOS, AÇÕES DE TRABALHO, e OPERÁRIOS ADMINISTRATIVOS, que queiram soerguer o clube. Não se tem mais lugar para FALÁCIAS dentro de um clube centenário, que aos poucos, vem se perdendo pelos caminhos do futebol.

Vitoria e Chapecoense não será uma partida fácil, e os oponentes têm objetivos a serem alcançados: um com galhardia de ser campeão, e o outro, com o desespero de se manter no grupo da B. E tudo vai passar pela bola nas redes, e a tranquilidade da Chape, não é letargia, e a necessidade do Nego, não pode ser desespero.

Cobrar melhorias, claro que sim, mas tudo tem sua hora, e maneira, e maneiras de serem feitas.

#PRONTOFALEI.

(O texto é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Agência CH)