XII Feira de Caprinos e Ovinos movimentou o distrito de Pinhões no último fim de semana

Lene Radina/ ASCOM ADEAP

Centenas de pessoas prestigiaram a XII Feira de Caprinos e Ovinos do distrito de Pinhões entre os dias 26 e 28 de Julho, no Parque José Hugo Félix Borges (Jorrinho) uma realização da Prefeitura de Juazeiro, através da Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária (ADEAP) e da Associação dos Produtores Rurais do Vale do Rio Curaçá (APROVRIC).

Um sucesso de público e vendas, o evento teve como objetivo proporcionar oportunidades de negócios que englobem todo o segmento comercial local, melhorando a renda e a qualidade de vida dos trabalhadores. Na ocasião, o prefeito Paulo Bomfim comemorou o sucesso do evento. “Fico feliz em poder fomentar esse desenvolvimento da caprinovinocultura aqui na cidade de Juazeiro. Estamos mais uma vez no distrito de Pinhões fazendo com que toda a integração dessa região se fortaleça ainda mais com o envolvimento de toda a comunidade”, afirmou.

O produtor da cidade de Santa Luz, João Roberto, destacou a felicidade em participar pela primeira vez da feira e conseguir comercializar quase todos os animais. “Em dois dias já consegui vender oito caprinos para uma associação local. Estou muito satisfeito e empolgado com a grandiosidade desse evento e de toda a organização. Essa é uma feira bastante produtiva”, comemorou.

De acordo com o secretário de Agricultura, Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária, Tiano Felix, a feira possibilitou uma integração maior das comunidades, com a participação popular e das escolas. “Também potencializamos a difusão de conhecimentos e de tecnologia, além do fortalecer a agricultura e a pecuária. É uma importante ação da prefeitura em parceria com a associação e moradores locais”, destacou.

O assessor do governador e representante do estado da Bahia, Isaac Carvalho, destacou a importância das parcerias para o crescimento do município. “Quero parabenizar o prefeito Paulo Bomfim por fortalecer e fomentar a caprinovinocultura. A gestão tem incentivado cada vez mais o setor e fico muito feliz em presenciar esse grande evento que cresce a cada ano”, destacou.

Para o presidente da Associação dos Produtores Rurais do Vale do Rio Curaçá (APROVRIC), Osvaldo Lopes Júnior, o sucesso do evento se deve ao trabalho conjunto dos realizadores. “Essa é uma parceria de sucesso entre a prefeitura e a associação que tem dado bons resultados, pois possibilita ao produtor a comercialização e a troca de animais”, concluiu.

Já Gislane Oliveira da Silva, integrante do Ateliê da Fulô (grupo de mulheres que trabalham com artesanato) da cidade de Jaguarari, falou da felicidade em divulgar os trabalhos do grupo na feira de Pinhões. “Nós trabalhamos com uma grande variedade de artesanatos, como produtos para casa, bonecas e linha masculina. Esse evento nos dá a oportunidade de comercializar e divulgar o nosso trabalho. É mais um ano de grande sucesso”, disse.

O evento que tem evidenciado a cada ano o empreendedorismo da região, também contou os mais variados produtos do artesanato e da agricultura familiar. Para Cristiane Ribeiro, integrante da Associação de Mulher em Ação da Fazenda Esfomeado (AMAFE) de Curaçá, a feira possibilita entender o diferencial de cada comunidade, fortalecendo assim a cadeia. “A comercialização se estende após a feira, pois serve de vitrine para que todos conheçam e nos procure durante todo o ano”, disse.

Presente no evento, a Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (SEMAURB), distribuiu mudas de espécies nativas da caatinga. “Viemos divulgar algumas fotos de espécies nativas, orientar a comunidade envolvida no evento para a preservação dessas plantas da caatinga e distribuir mudas”, explicou Jadson Barros titular da pasta.