Compositor juazeirense está inscrito para concorrer a uma indicação ao Grammy Latino 2024 em Miami-EUA

0
234

Ascom/ppp

O compositor Maurício Dias Cordeiro, das “margens bossanovistas do Rio São Francisco”, está inscrito através da “Tratore” para concorrer a uma indicação ao GRAMMY LATINO 2024, em Miami-EUA, na categoria melhor álbum de música brasileira com o “EP” por Brigitte por Bardot, publicado nas “plataformas digitais” do mundo.

Maurício tem uma longa estrada e história na música. Começou nos festivais em Juazeiro com o troféu João Gilberto – com o Grupo Êxodus, acompanhou Caetano Veloso em 1973.

Depois pisou em muitos palcos de Salvador como o Teatro Vila Velha, Gregório de Mattos e em muitas casas noturnas da região do “Porto da Barra”, onde era muito festejado. Depois foi para São Paulo e Rio de Janeiro onde gravou discos, tocou em bares musicais e participou de shows gigantes no Ibirapuera e Maracanãzinho” que reuniam estrelas como Caetano Veloso, Gilberto Gil, Moraes Moreira, A cor do som, Luiz Melodia, Pepeu Gomes.

Parceiro do poeta Luiz Galvão dos Novos Baianos, ele também foi amigo e esteve com João Gilberto, musicou dois poemas do criador da “Bossa Nova”.

Maurício tem trabalhos publicados no Spotify, YouTube, Apple, Amazon, Deezer, Globo Play… e também concorre na categoria “Artista revelação”, precisando de mais visualizações nas plataformas digitais.