Petrolina registra avanço médico no tratamento da malformação de Chiari

0
267
Por Carlos Laerte / Clas Comunicação

Uma intervenção cirúrgica, marcou na última quarta-feira (13), no Hospital Unimed Petrolina (HUP), um significativo avanço médico no tratamento da malformação de Chiari tipo 1. A abordagem minimamente Invasiva de Secção do Filum Terminale, que permite uma recuperação mais rápida, menos dor pós-operatória e menor tempo de internação hospitalar, foi liderada pelos neurocirurgiões da Unimed Vale do São Francisco, Antonio Vinicius Ramalho Leite e Allan França.

A malformação de Chiari tipo 1 é uma anomalia congênita em que o cerebelo, uma parte do cérebro, é empurrado para baixo do forame magno, a abertura na base do crânio. Isso pode resultar em sintomas como dores de cabeça persistentes, problemas de equilíbrio, fraqueza muscular, entre outros.

A malformação de Chiari tipo 1 é uma condição neurológica complexa que afeta um número significativo de pessoas em todo mundo. Em Petrolina e região, é comum os pacientes diagnosticados com essa condição serem submetidos à procedimentos cirúrgicos convencionais.

“Com o sucesso da realização dessa técnica aqui na região, a Unimed Vale do São Francisco, traz uma nova esperança para esses pacientes. Com uma equipe altamente qualificada e instalações de última geração, estamos comprometidos em fornecer cuidados de saúde excepcionais e avançados à comunidade”, conforme destacou o diretor clínico do Hospital Unimed Petrolina (HUP), Jackson Ferreira.