Virada heróica sobre o Bayern coloca o Real Madrid na final da Liga dos Campeões

0
237
Logomarca Liga dos Campeões - UEFA-Divulgação

Virada heróica sobre o Bayern coloca o Real Madrid na final da Liga dos Campeões em busca do 15º título

Herói improvável, Joselu saiu do banco para marcar os gols do time espanhol em apenas três minutos

Da Redação – Logomarca crédito UEFA/Divulgação

Em jogo histórico, o Real Madrid bateu o Bayern de Munique nesta terça-feira (8), no Santiago Bernabeu, por 2 a 1, de virada, e assegurou lugar na decisão da Liga dos Campeões da temporada contra o Borussia Dortmund, no dia 1º de junho, em Wembley, na Inglaterra. No jogo de ida, realizado na Alemanha, aconteceu empate em 2 a 2.

RESENHA

No primeiro tempo o time madrilenho bombardeou a meta alemã, mas o goleiro Neuer parecia imbatível defendendo as chances criadas pelos brasileiros Vini Jr e Rodrygo, e assegurou o placar de 0 a 0 no primeiro tempo, apesar da pressão dos espanhóis.

Na segunda etapa o time de Carlo Ancelotti manteve o mesmo ritmo, mas aos 16 minutos o inglês Harry Kane achou o atacante Davies sozinho e este fuzilou a meta do Real, fazendo 1 a 0 para o Bayern, calando o Santiago Bernabeu.

Com a vantagem no placar, o técnico Tuchel recuou a equipe enquanto Ancelotti fez o inverso, soltando o time para o ataque. E, após várias tentativas, o improvável Joselu que saíra do banco, em três minutos, aos 42 e aos 45 minutos, empatou e virou transformando as arquibancadas do estádio em uma verdadeira pista de dança.

A incrível falha do goleiro Neuer no primeiro gol do Real fez do herói um verdadeiro vilão na história da semifinal.