De virada, Vitória bate o Sampaio Corrêa e sobe para o 3º lugar na Série B

0
150
Por Jota Jota - Foto: Victor Ferreira/EC Vitória / Divulgação

Pela 14ª rodada da série B do Campeonato Brasileiro, o Vitória recebeu no Barradão a equipe do Sampaio Corrêa sob pressão por ter deixado o G 4, ainda mais porque os resultados das outras equipes não favoreceram ao Rubro Negro.

Mal começou o jogo e logo aos 4 minutos, em uma falha do miolo de defesa do Vitória, Ytalo abriu o marcador colocando a Bolívia Querida na frente do placar. Depois do gol o Vitória tomou conta da partida, chegando a fazer o tradicional ataque contra defesa, tendo o amplo domínio e posse de bola, mas não venceu o goleiro Luiz Daniel, e o Sampaio foi para o intervalo vencendo por 1 a 0.

Na volta do intervalo, Welder veio no lugar de Trelles e o Vitória continuou a sua pressão, com o time maranhense apenas se defendendo, segurando o placar do primeiro tempo. De tanto tentar, o Vitória chegou ao gol de bola parada, através do zagueiro Wagner Leonardo empatando a partida.

O Vitória continuou buscando a virada e ela veio em uma falha da zaga do Sampaio Corrêa, Welder fez o 2 a 1 colocando o Vitória à frente do marcador. O time de Léo Condé continuou apertando, mas o placar ficou mesmo no 2 a 1 que colocou o Leão de volta no G 4 na 3ª colocação.

O próximo adversário do Vitória será o Juventude em Caxias do Sul.

FICHA TÉCNICA

Vitória 2×1 Sampaio Corrêa

14ª rodada da Série B

Estádio Barradão / Salvador BA

Data. 28/06/2023 – Quarta-feira / 21h30

Público: 10.848

Renda: R$ 206.708,00

Árbitro: Alisson Sidnei Furtado (TO)

Assist. 1: Kléber Lúcio Gil (SC)

Assist. 2: Eder Alexandre (SC)

VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

Gols: Wagner Leonardo e Welder (Vitória) e Ytalo (Sampaio Corrêa)

VITÓRIA: Lucas Arcanjo; Zeca (Pablo), Camutanga, Wagner Leonardo e Felipe Vieira; Rodrigo Andrade (Diego Fumaça), Gegê e Giovanni Augusto (Thiago Lopes); Osvaldo, Tréllez (Welder) e Weliton Nem (Zé Hugo). Técnico: Léo Condé

SAMPAIO CORRÊA: Luiz Daniel; Maurício, Gustavo Henrique, Gabriel Furtado e Vitinho (Eloir); Jhony Douglas (Léo Silva), Alysson, Neto Paraíba (Luiz Gustavo) e Marcinho; Ytalo (Matheus Martins) e Vinícius Alves (Claudinho). Técnico: Márcio Fernandes