Juazeiro recebe ‘Festival Mulher do Sertão’ com palestra sobre o empreendedorismo feminino

0
208
Texto: Matheus Oliveira / Fotos: Ícaro Alexandre - Ascom/PMJ

O ‘Festival Mulher do Sertão’ apresentou a palestra “Desafios da Mulher Empreendedora”, que reuniu mais de 40 mulheres nesta quarta-feira (20). O evento, realizado pela Agência de Desenvolvimento Econômico do Sertão do São Francisco – BA (AgeLider), em parceria com o Sebrae-BA e a Prefeitura de Juazeiro,  aconteceu na Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária (Adeap).

Durante a palestra, a empreendedora local, Suzaneide Souza, destacou a transformação proporcionada pelo evento, abordando questões cruciais enfrentadas pelas mulheres de negócios. “Aprendi estratégias para superar obstáculos, fortaleci minha determinação e me conectei com outras empreendedoras, criando uma rede de apoio essencial para o meu crescimento profissional e pessoal”, compartilhou Suzaneide.

“Na gestão Suzana Ramos, estamos firmemente comprometidos em incentivar e fortalecer as mulheres em todos os aspectos de suas vidas. Seja impulsionando o desenvolvimento econômico, através de parcerias e iniciativas, como a que presenciamos nesta palestra, seja na garantia de segurança por meio da Patrulha Maria da Penha ou ainda no apoio social proporcionado pela Casa da Mulher Rural e, mais recentemente, pelo programa Mais Amor por Elas”, destaca o secretário da Adeap, Vinícius Alves.

O Festival também teve apoio do Conselho da Mulher Empreendedora e da Cultura, Câmara da Mulher Empresária Sindilojas Juazeiro e abordou temas relevantes para o universo feminino empreendedor e sorteou brindes de empresas parceiras para a plateia.

A consultora e palestrante do SEBRAE, Qlianne Martins, reforça a importância de reconhecer o potencial das mulheres ao longo do ano inteiro. “O verdadeiro poder das mulheres não está na aparência, mas no caráter e conhecimento. Ações como essa promovem o empoderamento feminino e inspiram as mulheres a assumirem o controle de suas vidas e negócios”, conclui Martins.